quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Ele

"Mae por que você passa perfume pra ir trabalhar?
Pra poder ficar cheirosa.
Mas mae!!! você já eh cheirosa!"

"Mae eu te amo mais do que esse mundo todo!!! e olha que o mundo tem muitas dimensões hein!!!"

""-Mãe troca a capa do seu celular pra capa da Frida!
- Por quê? Você gosta dela? Acha a Frida bonita?
- Acho, mas ela é muito chorona..
(por causa da minha camisa da Frida chorando arco-iris)
- Eh porque ela sofreu muito na vida. Teve uma doença grave, sofreu um acidente, perdeu um bebê...
- Ué! Mas a Frida existiu de verdade?
-Existiu! Claro! Ela era uma artista, pintou vários quadros!
-Ah!!! Então eh por isso que o nome dela era Frida!!!!
-Por que amor?
-Porque ela era muito sofrida... Frida... Sofrida..."

Como pode caber tanta poesia em um menininho magrelinho de 4 anos??? Muito amor...❤"

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Dentes

E no domingo passado um dentinho superior resolveu, enfim, sair. São 4 maltratando o meu galooootooooo maloooootoooo! Tadinho do meu pequeno, a gengivinha esta SUPER inchada... tomara q os outros 3 saiam logo... E por falar em dentes, tb na semana passada, levei minha princesa Jujuboca para extrair outro dentinho q nasceu no lugar "errado", na verdade, o fato dele ter nascido mais atras fez com q o de leite não caísse e por isso tivemos q arrancar o de leite no dentista. Dessa vez ela teve q tomar anestesia e foi muito sofrido :( fiquei triste pela minha bebê grande ... Fora isso meus bebês estão lindos, enormes e me deixam a cada dia mais feliz!!! Obrigada pelos meus presentinhos Papai do Céu!!!

sábado, 8 de setembro de 2012

A Minha Bebê Grande

Então um mês se passou e o dentinho da minha princesa não caiu. Fomos a dentista, que foi super querida e carinhosa, e puf, lá se foi o dentinho! Sem dor, sem traumas, tudo lindo! Ela ficou. LINDA banguelinha :) a fada do dente estava super atarefada e atrasada, aí ligou pro pai dela e pediu pra ele comprar um presente pra ela. Fofo ela contando isso pras pessoas.

A minha filha eh a minha cópia! Cópia! Cópia Autenticada, assinatura registrada em cartório. Ontem eu estava conversando com ela sobre a greve e disse que nesse período eu iria levá -la e buscá -la na escola todos os dias. Aí ela falou:
- Sério. Mãe???
Eu disse - Lógico amor!
E ela começou a chorar. Eu não entendi e perguntei porquê ela estava chorando?Que se ela quisesse ir com o papai ou com a vovó, tudo bem. Aí ela ainda choramingando:
-Mãe eu quero que vc me leve e me busque todo dia! Tô chorando porque fiquei emocionada...
Dei um abraço mto, mto forte nela e fui dormir com aquele apertozinho no peito. :') A minha bebê grande, tão sentimental... bem a mãe dela mesmo! A mãe que esses dias se emocionou no trabalho e chorou, ou seja...

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Tudo ao mesmo tempo agora

O meu meninO desistiu de mamar, o sono melhorou, apesar dos resmungos, resmungos, resmungos que duram toda a noite. Também pudera! O meu bichinho em uma semana aprendeu a engatinhar, a sentar e a bater palminhas!!! São muitas, muitas, muitas descobertas. Owwwwnnnnn meu baybab. Mamãe baba demais!!! Papai do Céu sempre tão generoso :D

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

8 Meses... Infinito... Ciclos

Então o meu Mateusuco fez 8 meses. Foi batizado, numa cerimônia muito bonita! Já engatinha de um jeitinho tãããããoooo fofo, arrastando uma perninha e levantando a outra... Lindo! No meio disso tudo, ele se cansou de mamar... Lembro do QUANTO SOFRI qdo parecia que não conseguiria mais amamentar a Beatriz, sofri muito mesmo! Com ele consegui aceitar com serenidade o fato dele simplesmente não querer mais. Ele é tão, tão, tão charmoso... Simpático, BAGUNCEIRO e PIRRACENTO DEMAIS!!! E LINDO! LINDO! INFINITAS VEZES LINDO!!! Adora qdo o pai chega em casa e o pega para guardar o carro, tb gosta de brincar com a Beatriz (e puxar o cabelo dela) e se diverte com o Kalu, que não liga a mínima pra ele tadinho... Quando eu estou por perto só quer a mim, e chora e faz pirraça, adora o colinho da mamãe e eu adoro ficar com ele no colo dando mil cheiros no cangotinho que tem cheiro de maçã do amor. É o meu menino querido e amado demais!!!

A Beatriz continua esperta e inteligente como sempre. Anda fascinada com a novela Carrossel, assiste na tv e depois fica assistindo os capítulos repetidos no Youtube. Está com um dentinho mole há mais de um mês, fomos à dentista, que disse que é muito provável que ela tenha que usar aparelho no futuro, já que o dente que está nascendo resolveu crescer no lugar errado. A cada dia que passa está mais vaidosa e LINDA! LINDA DEMAIS!!! E a "vaidade" tem que se estender a todas as mulheres da família, reclama horrores quando vou trabalhar de tênis. Anda dizendo o que quer ser qdo crescer, a princípio quis ser a moça que dá vacina nas crianças, agora disse que quer ser a Prefeita da nossa cidade, que vai fazer parquinhos, colocar moças pra tomarem conta, mas que o dinheiro vai ser dela. É a minha menina tão doce e tão amada.

Agradeço a Deus todos os dias, a todo momento por ser duplamente abençoada com dois filhos tão maravilhosos. Fora todo o apoio e amor do meu M. e todo o suporte, toda a ajuda e todo o carinho da minha mãe e da minha sogra.

Muito, muito, muito obrigada Papai do Céu!!!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

18.12.2011 - Dia de Mateus Gustavo, Bebê!

Então o meu meninO nasceu!!! Dia 18.11.2011, 12:03 pm na Clínica Santa Bárbara em Botafogo. Ele nasceu com 3,550 kg e 50 cm. Ele é LINDO!!! A cara da Beatriz, igualzinho mesmo!!! E eu estou completamente apaixonada por ele, assim como sou completamente apaixonada por ela. =)


Comecei a me sentir mal na madrugada de sábado para domingo. Não consegui dormir. Mais ou menos às 4h da manhã, fui ao banheiro e lá estava o tampão mucoso. Ops! Comecei a esperar pelas contrações e de repente elas chegaram, muito espaçadas e irregulares: de 10 em 10 min, de 6 em 6, de 8 em 8, depois de 10 em 10 de novo. Mais ou menos 5:40h liguei para o médico, agora um parêntesi importante: A MINHA MÉDICA ESTAVA VIAJANDO, PASSEANDO NUM HOTEL FAZENDA (e tinha deixado um médico amigo dela de sobreaviso, mas como ela mesmo disse: "Não se preocupe, o Mateus Gustavo não vai nascer no final de semana que eu estiver viajando, do jeito que ele está, vai nascer lá para o dia 24..." Ahan Cláudia, senta lá! Eu estava pressentindo que ele nasceria no fim de semana em que ela não estivesse...). Ah! Outro parêntesi mega importante: na quinta-feira eu tinha feito uma ultra, pois achava que estava perdendo líquido, não estava, mas descobri que meu pequeno estava com uma circular de cordão frouxa no pescoço (nada grave, segundo palavras da minha médica. Blá, blá, blá...).


Voltando ao trabalho de parto... Então liguei para o tal amigo dela que até foi bem solícito. Disse para eu tomar um "Buscopan" e que se as contrações não passassem para ligar para ele dentro de uma ou duas horas. De repente as contrações começaram a vir de 5 em 5 minutos, certinhas. Esperei uma hora e meia e liguei pra ele, ele disse para eu ir para o Hospital. Arrumamos tudo e fomos, com muito chororô (eu chorando), porque a Beatriz ficou em casa dormindo com a Vovó I., o Papai Noel aproveitou e deixou 2 presentes pra ela. Foi eu entrar no carro e as contrações pararam... e começaram a vir muito espaçadamente... Fomos assim mesmo. Quando chegamos no Hospital, toque: 3 cm de dilatação, indução de parto! Ele me colocou no soro com contração continua, sem intervalo mais ou menos às 9:30h. Eu estava MORRENDO de dor!!! De repente a anestesista chegou! Pensei: Thank God! Ela abriu um pouco o soro e as contrações passaram a ser de 2 em 2 min. Ela me deu anestesia, mas as dores não passavam, eu questionava e ela dizia que iam passar (no parto da Beatriz, depois da anestesia eu sentia as contrações, mas não senti dor nenhuma!). Nem sei que horas fui pra sala de parto, só que estava com muita, muita dor! Com os 10 cm de dilatação tive que começar a fazer força quando a contração vinha... Simplesmente HORRÍVEL!!! A anestesista enfim disse que não podia anular minha dor 100% WTF????? Como assim Bial? No parto da Beatriz eu não senti nada, nadinha... (depois quando a minha médica foi me dar alta reclamei da anestesista com ela, e ela disse que há anestesistas que têm medo de anular a dor e a grávida perder totalmente as contrações e ter que fazer cesariana. Mas um profissional tem que ser profissional e se garantir no trabalho que faz! Mentiram pra mim dizendo que eu não sentiria dores e eu senti TODAS! As possíveis e as impossíveis e ainda paguei por isso! Dinheirinho muito fácil que ela ganhou). E eu que dizia que parto normal não tinha nada a ver com aquele desespero que a gente vê em filme e em novela... TEM TUDO A VER!!! Eu senti TODAS as dores!!! Senti meu pequeno sair... Gente, dor de parto chega bem perto do insuportável, achei que não iria conseguir... Enfim meu Mateus Gustavo nasceu e aí todo o desespero acabou. O pediatra não estava na sala de parto, chegou mais ou menos 10 minutos depois do Mateus nascer... A meu ver uma sucessão de putaria e falta de consideração desde o início quando minha médica viajou, quando o médico acelerou o trabalho de parto me fazendo sentir uma contração continua e inacreditável, quando a anestesista disse que minha dor passaria e não passou, e o pediatra que nem do parto participou... Era domingo, eu não era paciente dele e ele estava com pressa: cheguei no hospital 9h, praticamente sem contrações e meu filhote nasceu 3h depois! Tudo extremamente rápido e sofrível! Pra mim e pra ele, que na quinta-feira tinha uma circular frouxa no pescoço e nasceu com uma circular tão, mas tão apertada que há tempos não se via (palavras do médico). O apgar do Mateus Gustavo foi 8/9 e ele ficou mais de 4 horas na incubadora, porque estava super ofegante, respirando muito, muito mal... Meu coração ficou do tamanho de um grão de arroz, de tão apertado... Graças a Deus, dos males o menor, porque assim que foi pro quarto ele mamou e ficou comigo a noite toda, um pouco menos ofegante, mas chorando, mamando, fazendo pipi e cocô.


Na segunda à noite tivemos alta e ele passou uns dois dias chorando sempre que eu o tirava do peito. Cochilava um pouquinho e chorava muito dormindo, no minímo sonhando com aquele médico com cara de Gargamel... Tadinho do meu filho... Hoje ele já está bem mais calmo e eu é que tenho que acordá-lo de 3 em 3 horas pra ele mamar. E mama MUITO!!!


Ontem o M. sofreu um acidente de carro, foi fechado por um filhodaputa na BR e tombou com o carro. Graças a Deus, não sofreu um arranhão (Deus é muito bom mesmo!), mas acabou com os nervos de todo mundo. Agora já estamos mais calmos, mas eu estoiu doida pra que chegue logo segunda-feira, quando ele entra de férias e vai ficar o maior tempão aqui conosco. =)


Tirando tudo que passei no parto, ainda tive um problema com os pontos, que me fez ficar toda a semana passada sem conseguir sentar! Muito sofrimento mesmo! Hoje não tenho nem vontade de voltar na minha médica. Me consulto com ela há mais de 10 anos, saio do outro lado da cidade para ir ao consultório dela em Botafogo, passei a gravidez inteira ouvindo reclamações pelo meu plano ser enfermaria (porque ela ganha pouco, que meu parto seria o último que ela faria em enfermaria e blá, blá, blá), pra no dia do parto ela estar se divertindo num Hotel Fazenda??? O Mateus Gustavo nasceu de 38 para 39 semanas assim como a Beatriz, ela sabia que isso poderia acontecer, ainda assim preferiu ir passear do que esperar que ele pudesse mesmo nascer, ele estava com uma circular de cordão no pescoço e isso não a preocupou, mas meu bichinho nasceu com a circular que era frouxa, SUPER APERTADA! Enquanto os bebês que nasceram de cesariana ficavam só um tempinho no berçário, ele, que nasceu de parto normal, ficou lá na encubadora, tentando melhorar a respiração, enquanto as enfermeiras (uns amores, todas) tentavam falar com os telefones do pediatra (TODOS DESLIGADOS!). E eu não consigo não culpar a minha médica por tudo que nós passamos, não consigo não pensar que ela não teve um pingo de consideração conosco.


Graças a Deus, sempre tão Generoso, hoje estamos em casa, bem. O Mateus Gustavo está super saudável, já o levamos à pediatra, porque ele ainda nasceu com um suposto dentinho. :B e estava com icterícia, mas ele está super bem. Eu também já estou melhor depois de alguns remédios e acho que as porcarias dos pontos estão prestes a cair. Tomara! A Beatriz está meio dengosa, mas está encantada com o irmão. É claro que ela quer os brinquedos dele, colocar a fralda dele, tomar a mamadeira dele, etc. Mas em contrapartida, conversa muito com ele, fala que ele é lindo, dá inumeros beijos nele... E o M. a cada dia que passa se torna o Melhor do Melhor do Mundo em ser o Melhor Pai do Mundo. Estamos felizes!


Seja bem vindo meu filhO!



NOSSOS PRESENTES

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Minha MeninA e Meu MeninO






Beatriz:

- De 38 para 39 semanas: Eu estava com 69kg e minha barriga "media" 100cm.


Mateus Gustavo:

- De 36 para 37 semanas: Devo estar com 64kg e minha barriga "mede" 104cm.


Ou seja...

domingo, 20 de novembro de 2011

Beatriz Minha Dançarina e Mateus Gustavo 8 Meses

A dança está no sangue, não adianta! Depois dos meus 8 anos de ballet e de seguir por outros caminhos... Tenho uma filha que AMA dança! As meninas estão ensaiando para o espetáculo do fim de ano, a Beatriz vai ser uma das Minnies (nem sei se já disse isso por aqui :)). Em casa ela pega qualquer brinquedo que toque música e fica ensaiando, ela até já pediu pra professora mudar a coreografia - a pose dela no final (minha leonina super star!!!), ela dança todos os tipos de música e eu só tenho a babar mesmo!!! Na sexta-feira passada fomos a um casamento e uma amiguinha a chamou para dançar na pista, ela não queria ir, porque eu disse que não iria ficar lá com ela (estou pesaaaaaadaaaaa e qualquer esforço me deixa cansada, com falta de ar, com dor nas costas e nos ossinhos pélvicos - a melhor parte #NOT! Fora o andar elegante de PATA!). Ela acabou indo, porque eu disse que de onde eu estava dava pra vê-la e a dindinha I. também foi com ela. De longe eu olhava e só via a minha pequena "quebrando tudo"! Dançou muito!!! O DJ até elogiou a criançada que estava mandando muito bem na pista de dança ! Quando ela voltou toda suada, disse que tinha gostado muito da fumaça que o moço estava jogando e perguntou se eu tinha ouvido o moço falando das crianças que estava dançando muito bem (ela perdeu o medo do microfone. Thank God!)! Eu babo!!! Só não babo quando ela ela começa com o "Nossa, nossa, assim você me mata..."♫ Ah que #UÓ esse gosto musical da minha filha... Mas ela dança tudo e também curte O Rappa. =)




Na semana passada fomos ver nosso Mateus Gustavo, que está a cada dia mais Lindufo!!! Está com uma carinha tão gorda... Eu disse isso quando vi aquelas bochechinhas e a médica da ultra confirmou. :) Segundo as medidas da ultra, ele está com 45cm e 2,400kg. Que delicinha de mamãe... O ponto alto da ultra ficou pro final... Quando a médica mostrou a última imagem, começou a rir, a gargalhar (só um parêntese para dizer que ela NUNCA ri! Eu nem gosto muito de fazer ultra com ela, porque ela é muito séria! Mas como ela é recomendada pela minha médica... Bem, voltando...) ela caiu na gargalhada, eu olhei pra tela e entendi, aí ela:




- Olha o tamanho do sexo desse menino!!! Hahahahahahaha!!!!!




Eu sei que é machismo da minha parte fazer um comentário desse tipo, porque é óbvio que se fosse na ultra da Beatriz ou se eu estivesse grávida de outra menina, também não comentaria, mas como é menino tenho que dizer: Meu filho tem o pinto grande! Gente se a médica da ultra comentou e riu é porque é GRANDE mesmo! Eita raça boba essa raça de mãe... Eu babo, porque a minha Beatriz é super vaidosa, super menininha e acho engraçado o meu Mateus Gustavo ter o pinto grande, ninguém merece...




Com a minha médica também foi super tranquilo... Ela disse que as medidas dele estão muito boas, eu estou com 62,2kg (engordei 1,3kg), e a próxima consulta ficou para o dia 03/12 (37 semanas).




Eu não gosto de me queixar, na verdade odeio! E é óbvio que não quero que O Mateus nasça prematuro (não mesmo), mas tenho contado os dias para a chegada dele. Se na gravidez da Beatriz eu trabalhei quase até o final da gestação, usava salto direto, estava sempre bem disposta (apesar das dores na coluna), a gravidez dele está "acabando" comigo... Fisicamente, no sentido estético, estou super bem, me sinto bonita... Mas estou muuuuuuiiiiiiiito cansada, qualquer coisinha me deixa com falta de ar, já não durmo, sinto muitas dores nas pernas e costas, e odeio a madrugada, porque já não durmo... Eu que não sou de pedir arrego, já pedi para minha irmã vir ficar uns dias comigo pra levar a Beatriz na escola e no ballet... Completaremos 40 semanas no dia 25 de dezembro, mas acho que ele nasce antes, parece que minha barriga já está caindo (sinal de que ele está se encaixando)... a da Beatriz não "desceu", o médico é que teve que subir na minha barriga e empurrá-la pra baixo... E sinceramente, eu estou contando que ele nasça com 38 semanas (assim como ela, que estava pra nascer até 14/08 e nasceu 29/07), depois da festinha da escola (08/12) e da festinha do ballet (13/12).




Já me acalmei com relação ao concurso, agora não tem mais jeito sou a primeira da fila, mas minha posse será prorrogada para a partir de abril de 2012. Por algum motivo tem que ser assim e eu entendi e aceitei.




Então é isso... Minha pequena princesa grande está a cada dia mais Linda, mais inteligente, mais dançarina e meu bebê Lindufinho da barriga está chegando... Nesse fim de semana resgatamos o berço camping e o carrinho que estavam guardados na casa da bisa e nessa semana começaremos a lavar as roupinhas dele, os lençóis, cueiros e afins e que nosso Mateus Gustavo seja muito bem vindo na hora em que ele quiser chegar. :)

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Hoje eu vou me dar o direito

Hoje eu vou me dar o direito de ficar triste, de chorar, de me lamentar... 1 PESSOA!!! INACREDITÁVEL!!! Queria gritar, queria sumir pra poder chorar TUDO, TUDO, TUDO que está preso aqui!!! Eu sinceramente não acredito, não mesmo! 1 PESSOA!!!

:´(

MUITO TRISTE MESMO!

* Não é nada com a Beatriz nem com o Mateus Gustavo, nem com meu casamento. É essa porra desse concurso filho da puta que está acabando com minha paz, com meus nervos, com a minha sanidade. Tinham que chamar 7 para eu poder apresentar os documentos, chamaram 6! SEIS! INACREDITÁVEL!!! Se tem um propósito, deve ter, mas estou sofrendo MUITO! MUITO MESMO! Queria me trancar num quarto e chorar, chorar, chorar...

terça-feira, 18 de outubro de 2011

30 Semanas? 7 Meses? "O Tempo Ruge e a Sapucaí é Grande!"

Blá, blá, blá, sempre acho estranho ficar usando este clichêzinho tão clichê: "o tempo está voando!!!". Mas tem sido INEVITÁVEL! O que posso fazer se essa sensação não me abandona? Pelo contrário, parece que nunca há tempo! A gravidez da Beatriz se arraaaaaaastoooooouuuuu... Tinha a sensação de que nunca ia chegar o dia dela nascer. Em contrapartida, a gravidez do Mateus Gustavo está passando muito, muito rápido! Teoricamente faltam 10 semanas eu ainda acredito que nem chegaremos a essas 10!



Estou esperando meu "bendito" telegrama e pelo que parece este é o "mês limite"! Se não chegar até daqui a duas/três semanas, talvez só consiga trabalhar no ano que vem após a licença maternidade (sem vínculo com a "bendita" instituição). E eu queria tanto o plano de saúde deles... Pelo que andei lendo, não é o mais correto no aspecto legal, mas as gestantes que receberam o primeiro telegrama e já estavam com 8 meses, tiveram a posse prorrogada para depois dos 4 meses da licença (sem vínculo of course). Pensando pelo lado: "dos males o menor", pelo menos não perderei minha vaga, mas... queria a posse antes do Mateus Gustavo nascer. E a greve ainda veio pra ferrar tudo de vez! Felizmente acabou ontem, mas atrasou a convocação em mais de 1 mês. =/ Bem... só me resta esperar... Deus é que sabe como tem que ser!



Na semana retrasada fizemos a ultra 3D. E o Mateus Gustavo é tão, tão, tão Lindo!!! Mas estava tão amassadinho, tadinho... Pelo que parece ele já tem 1,3 kg e 35 cm. GIGANTE!!! Ele está tão agitado, se mexe o tempo todo, e eu AMO é claro! Já chegamos na trigésima semana!!! Tão pertinho...



No sábado fomos à Dra. H., tirando o fato de que estou começando a ficar inchada e tenho tido um bocado de dor de cabeça, e tirando a anemia e minhas plaquetas que continuam baixas, está tudo bem! :) Já estou com 60,9kg! Acho que até dezembro ainda consigo uns 4kg... A Dra H. anda meio preocupada com o fator "tempo". A Beatriz nasceu relativamente rápido, comecei a sentir as contrações de 10 em 10 min às 22h mais ou menos e às 5:09h do dia seguinte, a Princesa mais Linda chegou! Como o Mateus Gustavo é o segundo filho, é provável que ele nasça ainda mais rápido. O combinado ficou em: se em alguma das últimas consultas eu já tiver alguma dilatação, ela me internará e induzirá o parto. Quem manda morar em "So, So, So , So, So Far, Far, Far, Far, Far, Far Away"? Que seja da melhor maneira pra ele e pra mim.



E quando digo que o tempo está voando... Não é que a Beatriz já anda combinando "Festas do Pijama" nas casas da amigas da escola? Meninas de 3 e 4 anos???? Que que é isso minha gente? E o mais engraçado é que elas combinam e falam: "Mas não pode chorar hein!". (;)) Alow! A Beatriz nem no quarto dela dorme direito quanto mais na casa de outra pessoa. Ontem a amiguinha dela pra mim:




- Tia você deixa a Bia dormir na minha casa?


Eu: - Eu tenho que falar com o pai dela primeiro.


Ela: - Ah! Então você fala e depois leva a Bia na minha casa tá? É só me chamar no portão!


Eu: Aham, vou falar com ele.


Ela: - Tá! Fala que eu mandei um beijo pra ele!


Eu: - Vou falar. Mas a gente pode combinar isso pra daqui a uns 10 anos (rindo).


Ela: - É! Depois que o irmão da Bia nascer, né?


Eu:- É!


Ela: - Então você fala com a pai da Bia, leva ela na minha casa. Me chama lá no portão. E AMANHÃ meu pai leva a Bia pra escola de carro e você pega ela lá.




Ai gente, tão simples... Como diria Cazuza: ♫ ♪ "O tempo não pára!" ♫ ♪

domingo, 16 de outubro de 2011

♪ "A Mim não Importa ser a Sombra, Quando Você é a Figura" ♪

"AMOR de PAI e MÃE tem em sua ESSÊNCIA a VIA ÚNICA, a FELICIDADE com o BEM do OUTRO, o QUERER que o OUTRO TENHA o que houver de MAIS PRECIOSO, sem que necessariamente tenha que dividir conosco (pais). São os ♥ FILHOS ♥ que nos dão o REAL SENTIDO do ♥ AMOR ♥" (Denise Fraga em sua coluna da Revista Crescer).


* Baile da Abelha e do Zangão (Escola). Todo esse AMOR descrito acima, se resume quando ela me conta, com o sorriso mais lindo, que todo mundo na escola disse que ela era a "Abelha Rainha".

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

É Eu sou Estranha

Eu odeio que invadam meu espaço, que não respeitem minha individualidade (em tempo: educo minha filha pra ela ser assim também). E não digo isso no sentido de que "ah! Mas ninguém gosta que invadam seu espaço...". Eu não gosto mesmo! E vai das coisas mais graves às mais banais, como por exemplo o fato de eu não me sentir nbem com abraços (me sinto "invadida"), me sinto extremamente constrangida quando me abraçam. E agora que estou grávida e as pessoas estão com aquela mania "delícia" de passar a mão na minha barriga? Nossa!!! Olha me sinto muito mal com isso! Eu não gosto! Sou extremamente carinhosa com a Beatriz (tadinha, ela sofre com meus ataques de Felícia), mas é só com ela (e provavelmente será com o Mateus Gustavo também). Gente! Eu sou assim! Se Freud explica, talvez um dia eu me interesse em saber, mas por enquanto me sinto "EU" assim. Não sou muito de "proximidade" nem de me abrir com ninguém (só com o M.). O meu pensamento é que todo mundo tem seus problemas, então não tem porque eu ficar desabafando os meus com quem já tem que se preocupar com os seus, sempre fui assim. Uma amiga, que eu sempre ouvia com o maior prazer, vivia me falando que a vida não é assim, que os amigos também "servem" para ouvir nossas tristezas e nossas dúvidas, que entre amigos isso não é incômodo, que eu mesma já devia estar de saco cheio de ouvir seus desabafos (e eu nunca estava), mas que eu devia me abrir mais. Mas eu não sou assim! Não sou mesmo de me expor...


Quem me conhece sabe que eu não sou de ligar, de mandar e-mail, de cobrar amizade de ninguém e o inverso também é bem vindo! O dia que a gente acha que tem algo legal pra contar, que está com saudade, a gente entra em contato e tudo é como sempre foi! Mas me enche muito isso de : "ah vc não me liga!", "ah vc não respondeu meu e-mail"..." ah blá, blá, blá"... Eu nao tenho paciência nenhuma pra gente carente! Não tenho mesmo! Nunca tive. Tenho uma amiga que namorava um amigo há um tempo atrás e ela vivia aqui em casa pra me contar "blá, blá, blá que ele não gostava dela", só pra eu ficar dizendo: "ah ele gosta sim! ele não fez isso e isso por vc? ele não te falou que gosta? Não vive demosntrando isso?". Ai gente que chatisse! Um dia me cansei e disse com toda a amabilidade do mundo (não estou sendo irônica, fui amável mesmo): "Se não está bom sai fora! Procura sua felicidade em outro lugar! Você não tem o direito de colocar sua felicidade sob a resposabilidade de outra pessoa." Gente, isso é um saco! É sério! Ter que ficar alimentando carências... Tenho mais o que fazer! Na verdade as vezes nem tenho, mas haja paciência, né? Outro sentimentozinho que me irrita é "ciúme". Puta que Pariu! Mas que sentimentozinho "UÓ!". Eu já fui a pessoa mais ciumenta da face da Terra ("a melhor do melhor do mundo") e sinceramente, nem sei como o M. aguentou por tanto tempo as minhas maluquices. Eu não aturaria! Odeio paranoia! Odeio que me testem, que me cobrem, que desconfiem de mim! Odeio mesmo! Mas Graças a Deus, amadureci e não ando mais procurando fantasmas sem sentido por aí. A vida é tão curta... Ninguém é obrigado a gostar, a aturar, a sem simpaticozinho com ninguém. Tudo isso a gente conquista (mais uma vez: educo minha filha para ser assim. LIVRE PARA AMAR QUEM ELA QUISER!). Tenho vivido umas situações muito chatas com algumas pessoas com isso de "cobrar" sentimentos. Estou me esforçando (mesmo) e quando acho que está tudo nos conformes vem uma coisa (COBRANÇA ou PIADINHA FORA DE CONTEXTO) pra me fazer pensar se vale a pena mesmo todo o esforço. Parece que nunca está bom! Chatisse, chatissse mesmo! Ah já nem tenho mais vontade, vai além dos meus limites. Eu quero paz! E é o que desejo pra todo mundo: paz!


É eu sou estranha! No dia em que soube da hidronefrose, a minha sogra e a Beatriz estavam comigo. Fiquei mal, mas queria meu tempo, meu espaço. É sério! Me pergunta uma vez: "Você está bem?". Se eu responder "Sim estou!". Entenda como "sim estou!". Não fique me perguntando isso de hora em hora, irrita! Você já está com sua cabeça a mil, pensando em mil coisas e ainda ter que ficar se preocupando em mostrar que está bem... Ai, ai... Liguei para o urologista e marquei numa terça-feira, às 17:30h, um horário péssimo, já que o consultório era no Leblon. Mas eu ia dar meu jeito! Aí minha sogra ficou: "Eu vou com você!". "Olha eu agradeço, mas prefiro ir sozinha" (por favor ENTENDA!). Mas ela ficava "Não que é isso? Eu vou com você!". Mais uma vez: "Eu prefiro ir sozinha!". Ela: "Então eu vou falar com o M. (meu cunhado) pra ir com você!". E eu: "Mas EU NÃO QUERO! EU PREFIRO IR SOZINHA!". Gente, meu espaço! Eu não estou com labirintite, não ando vomitando nem desmaiando e nem perdendo minha memória por aí, não usaria contraste e nem seria dopada. Qual o problema de eu querer ir sozinha????????? Bem, no final combinei com a minha irmã de ir comigo, porque ela me entende. Entende meu silêncio, meu mau humor e não fica me questionando sabendo que eu não quero responder. Mas acabou que o M. (marido) foi comigo.


Sei lá, por esse post deve parecer que eu sou chaaaaaatttaaaaa, mau humor e tal, mas nem sou. Eu só gosto de ter meu espaço, meu silêncio, minha individualidade, minha liberdade respeitadas. Pra mim não é difícil respeitar a alheia, queria que a recíproca fosse verdadeira. =)

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ALÍVIO!!!

Na semana passada fui ao urologista indicado pela minha médica. Estava muito, muito tensa!!! Contei a ele o que a médica que fez a ultra tinha falado sobre a situação dos meus rins e mostrei a ultra pra ele. Ele olhou e disse que si, era hidronefrose gestacional e que as imagens que indicavam cálculos podiam ou não ser cálculos mesmo. Perguntou se eu tinha algum sintoma, além do dia em que passei mal no shopping, a única coisa que sentia era dor na lombar (que eu até desconfiei se não poderiam ser cólicas renais). E ele disse que a dor na lombar era dor na lombar mesmo, devido a mudança no centro de gravidade por causa do peso da barriga. Deixou uma guia para eu refazer a ultra depois que o Mateus Gustavo nascer disse para eu procurá-lo caso sinta dor ou apresente sintomas como enjôos, vômitos, que poderiam estar ligados a crises renais. No final, Graças a Deus não precisarei fazer cirurgia, colocar catéter nem nada dessas complicações. Deus é tão, tão, tão bom!!! O susto, o final de semana que antecedeu a consulta, foi tudo horrível! Mas saí do consultório tão feliz!!! Tudo normal de novo! Hoje já voltei para a academia lépida e fagueira!




O Mateus Gustavo continua crescendo e super agitado. #AMO! E a Beatriz linda e inteligente como sempre (a cada dia mais carinhosa). #AMO! E além de agradecer muito a Deus por ter dado tudo certo e pelos meus presentinhos, também não me canso de agradecer pelo meu M., sempre, sempre, sempre presente, me dando força, me dando carinho... muito obrigada Papa do Céu!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

"Na Fé que me faz Otimista Demais"

Pensei em muitos títulos pra este post, porque minha vida está parecendo uma montanha russa: há momentos em que estou no auge da felicidade... e de repente levo um "soco no estômago", para depois sentir aquela vibe perfeita de muito amor e muito carinho das pessoas que amo e fico feliz de novo.... São muitas emoções mesmo! No final resolvi me mostrar como sou, otimista! Com fé em Deus, com fé na vida! Já chorei MUITO, já pensei em tantas coisas ruins... mas se eu não tiver fé, não vivo. Se não acreditar que há um propósito, nada fará sentido. E se tem algo que eu não aceito é me colocar na posição de vítima, não aguento esse tipo de atitude! Eu não consigo deixar de procurar o que há de positivo acontecendo enquanto a tempestade me "castiga". Deus está comigo, não consigo (e nem quero pensar de outra forma).





Na quinta-feira passada, fomos fazer a ultra de 25 semanas, mais uma "rotineira" pra ver se está tudo bem com nosso Mateus Gustavo e Graças a Deus está! Estou apaixonada por ele! Sei que na ultra a gente não vê muitas características físicas, mas ele é LINDO! É mesmo! Ele tem o jeitinho da Beatriz, acho que ele vai parecer com ela. =) Quando a médica mostrou o rostinho dele... gente, ele é LINDO mesmo! E está super saudável, tudo correndo lindamente com ele. Ele já está com 31 cm! Maior que uma régua!!! E já tem 830g (GÔDUCHO!!!). E é tão LINDO!!! Eu enfim consegui chegar aos 59kg (o peso que tinha quando engravidei da Beatriz).




Já comigo, ou melhor conosco, pais da Beatriz e do Mateus... Primeiro foram os episódios de pressão alta do M., que ainda está fazendo exames. Agora isso... No fim da ultra descobri que estou com hidronefrose (dilatação) no rim direito e cálculos nos dois rins. Por enquanto não há explicação, principalmente por já estar no estado em que está! Pelo que "googlei", parece ser hidronefrose gestacional (ocorre porque a medida em que o útero cresce ele pode comprimir o canal ureter, atrapalhando a passagem da urina para bexiga, causando a dilatação - mais ou menos isso). Minha médica ficou tensa quando levei a ultra pra ela, me indicou um urologista e há 99% de chances de eu ter que fazer uma cirurgia AGORA pra colocar um catéter e só tirá-lo depois que o Mateus Gustavo nascer, anestesia peridural =( Ela disse que não há riscos para ele, mas que mãe quer fazer uma cirurgia com um bebê na barriga? Vou ao urologista amanhã para saber o que teremos que fazer. A sensação de apogeu e queda é horrível! Num minuto você está no céu vendo seu bebê LINDO na telinha lá da ultra, no outro, você toma um soco no estômago e passa a se ver numa mesa de cirurgia, porque em menos de um mês (tinha feito uma ultra há pouquinho tempo e nada disso tinha sido detectado), seus rins resolveram se encher de pedras e um achando pouco, ainda se dilatou... Na verdade as tais dores na lombar aparentemente eram dor no rins e eu não soube identificar. Chorar adianta? Não, alivia, mas não adianta. Se revoltar adianta? Se lamentar adianta? Ficar perguntando "por quê" adianta? Não! Não! Não! Resolvi ter fé e acreditar que isso tinha que ser assim e que no final tudo vai dar certo! E vai mesmo! Antes isso estar acontecendo comigo do que com ele ou com a Beatriz (como vi num blog em que "caí" pesquisando por hidronefrose: Um bebê, na barriga da mãe com o rim dilatado... Muito triste! Pra uma mãe, isso é infinitas vezes pior, com certeza!).




A Beatriz continua LINDA e a cada dia mais inteligente! Nesse fim de semana, ela escreveu a primeira palavrinha sem a ajuda de ninguém, a palavra foi: UVA! Eu quase explodi de orgulho! Ontem ela estava no meu colo e o Mateus Gustavo deu um chute tão forte que ela sentiu na perninha que estava apoiada na minha barriga, aí ela pra mim:




- Ô Mããããããeeeeeee!!! O Mateus soltou um pum na minha perna!




Sinceramente seria injusto da minha parte me dar ao direito de me deprimir tendo tantas demosntrações do amor de Deus por mim e pela minha família. Óbvio que eu não esperava e nem queria estar passando por isso, mas sei que logo, logo tudo vai passar. Não posso esquecer nunca de que: "A vida gosta de quem gosta dela".




Ao acordar num dia desses:



"Mãe tila uma foto eu te dando um ablaço beeeeeeem apertado!"





Grata a Deus por esses momentos de amor puro, grata pelos meus ♥Presentinhos mais Preciosos♥. Assim a vida faz todo o sentido!

sábado, 3 de setembro de 2011

Beatriz e Mateus Gustavo

As vezes fico pensando como uma mulher pode não querer ter filhos ou tê-los e não amá-los mais do que tudo, ou tê-los e não desejar e nem fazer tudo para que a vida deles seja mais feliz a cada dia (mãe que bate, mãe que é indiferente - infelizmente conheço tantas..., mãe que não tem paciência...). Veja bem, não é uma questão de julgamento, ou de ser melhor nem pior. É que eu acho que ser mãe é algo tão maravilhoso, o amor que passa a existir dentro da gente é algo tão intenso, tão gratificante, que penso que seria impossível ter uma vida plena sem ser mãe.


A Beatriz fala:"- Oi mãe, meu amor!"."-Mãe você é minha amiga, é minha melhor amiga". ''Mãe você é bonita!". Antes de dormir ela senta no meu colo e faz carinho no meu rosto. Quando eu me machuco ou não estou me sentindo bem, ela me dá beijos (e diz que vou melhorar em 3 minutos) e me pergunta infinita vezes se já melhorei. Eu AMO a minha filha, ela é a benção mais especial da minha vida e eu digo sempre pra ela que Deus me deu uma filha do jeitinho que pedi a Ele, porque ela é a Beatriz, a minha Jujubinha! Ela já reconhece todas as letras do alfabeto (até K,W e Y) e ontem leu na televisão a palavra "RJ". Ela é tão LINDA com seu cabelão de Rapunzel... Já dorme no quarto dela e quando acorda de manhã, foge pra minha cama, mas antes desliga o abajur e o ventilador. Na quinta-feira ela fez exame de sangue pela primeira vez (own tadinha da minha Jujubinha, meu coração já se partiu em pedaços quando a pediatra me deu o pedido), eu expliquei pra ela como seria e ela me perguntou se eu também faria, eu disse que não (tinha feito um hemograma há 2 semanas) e ela entendeu, mas fez uma carinha tão tristinha... Combinamos de ir na quinta. No decorrer da semana, lembrei que tinha um pedido de hemograma sem data e disse pra ela que a minha médica tinha ligado e pedido pra eu fazer o exame de sangue também. Ela deu um sorrisão! Na quinta nós fomos, eu fiz primeiro, ela sentou no meu colo e a senhora que colheu o sangue foi super gentil e cuidadosa, mas quando olhei pro rostinho da Beatriz enquanto o vidrinho enchia (l-e-n-t-a-m-e-n-t-e ) com o sanguinho dela, ela estava com o narizinho vermelho (prendendo o choro), eu disse à ela que ela podia chorar, que era chato fazer exame de sangue, que doía mesmo um pouquinho e que ela podia chorar, que faz mal prender o choro. E ela choramingou, aquele chorinho sentido... Ai meu coração... Bem, saímos do consultório, ela ganhou 2 pirulitos da senhorinha que trabalhava lá, porque foi uma menina muito bonita, fomos à uma loja e ela ganhou um sapato novo decorado com cupcakes (presente da mamãe) e depois ainda fomos lanchar (patrocínio do papai, que estava trabalhando com o coração na mão por ela). Ela mereceu. :) Quando postei no Face que tinha feito exame só pra ser solidária, a minha cunhada T. comentou que isso era a minha cara. É verdade! É a minha cara mesmo! Sei que não vou poder evitar que ela se fruste, sofra e sinta dores na vida, mas o que eu puder fazer para amenizá-las ou confortar o coraçãozinho da minha bebê grande, certamente farei.


O Mateus Gustavo é o meu "novo" amor. Como posso amá-lo sem nunca ter visto verdadeiramente o rostinho dele de bebê, sem nunca ter tocado e nem sentido seu cheirinho? Nem sei, sou mãe dele e O AMO! Amo os chutinhos e soquinhos que ele me dá! Amo quando ele está super agitado à noite! Amo vê-lo nas ultras! É engraçado porque essa gravidez está totalmente diferente da gravidez da Beatriz. E ontem ele já mostrou a que vem... Ontem não acordei muito legal, a Beatriz está gripada e eu pegando a gripe dela (somada a uma deliciosa sinusite). Quando fui escovar os dentes fiquei com uma vontade master de vomitar (ôpa! Novidade! Na gravidez da Beatriz não vomitei uma vez sequer!). Fomos ao Shopping gastar a premiação do papai. No carro, vontade de vomitar de novo! Quando chegamos lá andamos, andamos, andamos, lanchamos no Mc Donald's (shame on me!), compramos, compramos, compramos. Aí minha lombar começou a gritar (DOR!!!)!!! Beatriz ficou no parquinho com a Vovó I., eu sentei num banquinho pra tentar aliviar a dor que beirava o insuportável e o M. foi comprar um Paracetamol pra mim... E a vontade de vomitar voltou!!! Levantei para tentar chegar ao banheiro, mancando horrores, quase me arrastando (minha lombar estava destruída...), tentei ligar pro M. pra ver se ele já estava voltando, comecei a ouvir um zumbido forte (só ouvia isso!), não via NADA! Ficou tudo branco e eu estava tonta, muito tonta! Continuei a andar me arrastando, pedidndo a Deus para conseguir chegar no banquinho que estava a uns 10 passos de mim. Fiquei com muito medo de desmaiar! Consegui chegar no banco (thanks God!), sentei e meu barrigão começou a queimar, sorte que achei um saquinho plástico dentro da minha bolsa a tempo de... vomitar!!! Em plena Praça de Alimentação (ah Mateu Gustavo... que mico sua mãe pagou!)!!! Logo o M. chegou e ficou apavorado! Mas depois que vomitei, comecei a me sentir melhor. Beatriz ainda brincou mais um pouco no outro parque, apesar dos protestos do pai e da avó (eles ficaram preocupados e queriam vir embora na hora, mas eu já estava me sentindo melhor, não faria diferença deixá-la brincar mais 15 minutinhos). O que esse meu menino está me deixando bonita ("esteticamente" estou me sentindo bem bonita. Rosto sem espinhas, unhas sem quebrar, cabelo legal...), ele "desconta" me trazendo "efeitos gestacionais estranhos"... E eu já sou LOUCA por ele! Meu Deus! Como eu AMO esse meu pimpolho sem nem "conhecê-lo". Minha benção especial mais nova! Já me vejo comprando dinossauros pra ele brincar! Ontem consegui achar uma calça sarouel pra ele! Hoje já estou melhor, só minha lombar que está "UÓ", mas sei que a tendência é piorar, tenho hiperlordose e não há muito a se fazer...


Anyway... Estou TÃO Feliz!!! Meus filhos são meus Presentinhos de Deus!





segunda-feira, 22 de agosto de 2011

5 Meses Mateus Gustavo - Beatriz, a Irmã Coruja

Sábado foi dia de ultra morfológica. Tudo perfeito com meu bebê menino. =) Foi muuuuuuiiiiito bom ver nosso narigudinho. A Beatriz foi conosco, porque queria ver o irmão na "televisão". Ele estava super agitado #AMO! E teve uma hora que ele levantou a mãozinha e parecia que estava dando tchau. O M. falou pra Beatriz:

- Olha filha, seu irmãozinho está dando tchau pra você ! Olha a mãozinha dele!

Aí ela:

- É mesmo pai! É mesmo! Eu vi a unha dele!

Ela está super corujita com ele. No outro dia fomos comprar umas coisas pra ele e ela queria comprar TUDO pra ele!!!

- "Leva isso mãe!" "Meu irmão vai amar esse!" "Essa calça aqui é a cala do meu irmão!" "Vou levá esse tlenzinho pla ele blincá na banheila..."

Tão, tão linda... Eu fico super feliz! De vez em quando ela mostra um ciuminho, só quer ficar no meu colo, só eu que posso lavar o cabelo dela, dar comida pra ela, etc. Quando estou de vestido, entra embaixo dele e fica fazendo "Búúúú!" pra dar susto no irmão... Coisas desse tipo, mas no mais, acho que ela está bem participativa e já incluiu o irmão na vida dela.

Ela está muito, muito, muito vaidosa: só quer andar de saia, sapato tem que ter um saltinho (que geralmente nem tem, mas a gente fala que é um SALTÃO! Tem que passar batom, blush e o cabelo está sempre cheio de gel com glitter. Resumindo: uma peruinha, assim como eu! Na verdade, nem sou tão vaidosa assim... mas acho FOFO! Coisa de menina mesmo! Enquanto isso vou recendo e-mails de compras coletivas do carro do Ben 10, dizendo que preciso comprar pra transformar meu filho num "ALIENÍGENA!". WTF? Coisas de menino... Sei lá, imagino o Mateus Gustavo um super espoleta! Acho FOFO!).

Voltando ao sábado, foi tudo ótimo na ultra morfológica! Graças a Deus! Confesso que estava um pouco apreensiva. Minha placenta subiu e isso também me deixou muito feliz. Agora só falta o Mateus Gustavo virar, porque ele está sentado! Minha médica falou que nessa época eles não param quietos, então nem preciso me preocupar. Mas a Beatriz sempre estava em posição cefálica nas ultras, então pensei que ele também estaria.... Esse Mateus Gustavo é fogo mesmo!).

Minha consulta também foi tranquila. Já estou com 57,8 kg! Uhullll!!! A Dra. H. liberou a musculação (com restrições, lógico!), passou "Noripurum", porque estou com uma pequena anemia =(, mas disse que está tudo super tranquilo!

Continuo esperando meu primeiro telegrama (concurso), na sexta-feira chamaram 15, ficaram faltando 7 pra mim... HUMPF! Fiquei desanimada, porque estava muito confiante de que seria chamada agora em agosto, mas por algum motivo não era pra ser... Se for da vontade de Deus, na próxima chamada, receberei meu telegraminha para preparar a documentação.

Como diz a propaganda:

"Enquanto o mundo exige pressa, uma mãe, simplesmente, espera..."

sábado, 6 de agosto de 2011

♥ 06/08/2011 - 17 Anos ♥


♬ "... É sempre só você que me entende do início ao fim.


E é só você que tem a cura pro meu vício de insistir


Nessa saudade que eu sinto de tudo que ainda não vi..." ♬



(Índios/Legião Urbana)


* Foto de algum dia de algum mês de 1994!!!


Confesso que antes de conhecê-lo o achava chato, eu ia para o baile com a minha prima e quando eu passava perto dele, ele mexia no meu cabelo (chaaaaaaaaaaaaaatooooooooo). Ele até hoje diz que era o amigo dele que mexia. "Aham Cláudia, senta lá!". No dia em que eu fiquei com ele pela primeira vez, eu nem queria sair de casa, mas uma amiga ficou insistindo, insistindo e eu fui de má vontade. Não sei porque cargas d'água todo mundo sumiu e nós ficamos sozinhos conversando na Praça (era a diversão nesta rústica cidade). Eu estava doida pra ir embora, porque no dia seguinte nós iriamos ao Tivoli Parque (aniversário da minha irmã). Gente... TI-VO-LI PAR-QUE(eita gente véia, sô! Esse bendito parque já não existe há uns trezentos anos...). Então eu achei minha amiga e pedi para ela ir falar com o pai dela já que ele nos levaria pra casa. Ela enrolou, enrolou, a hora foi passando, eu perdendo minha paciência e ele também estava doido pra me dar um tchau, porque tinha outra festa pra ir e a "peguete" dele estaria lá. Resumindo perguntei pra ele (já esperando um "Não!", Tipo "Vem cá! Eu te conheço?"): "Você me leva em casa?". E ele: "Levo, ué!". A casa da minha avó, que era onde eu ficava, era tipo MEIA HORA ANDANDO da Praça onde nós estávamos, nós só tínhamos 15 anos e ele é óbvio, não dirigia... E por que será que nós não fomos de ônibus? Porque simplesmente não tinha ônibus! Eles paravam de circular às 22:00h e já eram mais ou menos 22:30h. Essa cidade sempre foi desenvolvida (pausa para muitos risos). Então fomos nós: Eu e Ele, Ele e Eu.

Fomos converando aquelas idiotices super importantes que só os adolescentes têm a capacidade de conversar. Chegando na frente da casa da minha avó, continuamos a conversa e eu virava e mexia eu falava que tinha que entrar, porque no dia seguinte tinha que acordar cedo pra ir para o Rio, porque era aniversário da minha irmã e blá, blá, blá... Eu não lembro, mas juro que queria muito lembrar como foi nosso primeiro beijo. Só lembro que depois do primeiro, a gente conversava e beijava, e conversava e olhava no relógio e beijava... E foi assim até quase 4 horas da manhã!!! Eu não tinha a intenção de ficar com ele e nem ele comigo, aconteceu muito por acaso mesmo! Não lembro muito dos detalhes (queria tanto lembrar... Mas também faz tanto tempo! E naquela época não significou tanto pra gente. Fato!). No dia seguinte fui para o tal do aniversário da minha irmã no parque e ele continuou vivendo a vida dele. Eu gostava de outro menino, ele de outra(S) menina(S), então a gente só tinha ficado mesmo! Mais ou menos um mês depois foi o aniversário da minha prima, foi em outra cidade, e ele apareceu lá com minha outra prima, que era minha amiga inseparável. Eu não esperava que ele apareceria por lá e achei muito legal! Ficamos de novo e todas as vezes em que eu vinha pra cá, nós ficávamos (até hoje ele não me pediu em namoro =/). Não sei em que momento ficou sério e que viramos "exclusivos", só sei que foi rolando...

Tinha TUDO pra dar errado, TUDO! Passamos por momentos complicados, ele me "pedia tempo" direto (era um saco), eu sofriiiiiiiiiiaaaaaa :( Até o dia em que eu resolvi pedir um tempo, e aí ele SOFREU! De verdade, de dar pena! Já tínhamos 9 anos de namoro (isso é que dá começar a namorar com 15 anos...)! Aí ele se deu conta de que realmente gostava de mim. Que gostava de verdade, pra casar! :) (FOFO!). Tanta coisa aconteceu, passamos por tantas provações... Só pode ser coisa de outra vida mesmo! ♥ AMOR ♥! Vem de longe, de muito tempo... AMOR daqueles que a gente só tem UM em todas as vidas que vivemos. Outro dia ele me disse que uma das melhores coisas do mundo era nós estarmos juntos e ele ainda se sentir apaixonado por mim. Na hora me senti meio estranha, eu não gosto desse sentimento "Paixão", me remete sempre a algo doentio, que faz feliz, mas que a felicidade vinda dele é sempre fugás... É um sentimento que traz mais dor do que prazer... Mas depois de pensar um pouco entendi o que ele quis dizer, porque a paixão que sentimos um pelo outro (mesmo depois de 17 anos) é amparada pelo AMOR que sentimos (que construímos). E é verdade! Eu sou apaixonada por ele, eu acho ele Lindo! Adoro o cheiro dele! Admiro a forma como ele se preocupa com o corpo, com a disciplina de malhar em casa naquele aparelho velhasco! O jeito como ele fica fofo de calça sarouel! O cheiro dele! Eu juro que meu coração bate feliz toda vez que ele chega do trabalho! Sou APAIXONADA! Mas eu AMO a pessoa que ele é: Bom marido, bom pai, bom filho, bom amigo... É o Maxwell que só eu conheço de verdade! Me faz rir, me emociona, me ama de verdade! Tão responsável, tão preocupado com tudo... Carinhoso... Eu o AMO! MUITO! MUITO MESMO!

Estar com uma pessoa há 17 anos não é fácil, mas também não é difícil, a gente aprende a conhecer um olhar, um suspiro, entende o silêncio, os desejos, num gesto mínimo que só a gente percebe. Isso as vezes é bom, mas as vezes é terrível! Conhecer demais uma pessoa... Mas na verdade eu me sinto uma pessoa extremamente abençoada. O AMOR que sentimos um pelo outro é uma benção, que eu sinceramente queria que todo mundo um dia pudesse ter, que todos pudessem viver um AMOR assim.

Que venham mais 17 anos elevados a décima sétima potência! Que venham muito mais! Que a gente ainda possa viver mais muitos momentos de abraços silenciosos e simples em que a gente só ouve as batidas do coração! Que as pequenas coisas, aquelas bem simples, sempre tenham o valor que têm pra nós, que sempre signifiquem muito! Que o que nós temos continue atravessando vidas, que nós possamos sempre nos encontrar!


Maxwell, EU TE AMO!!!





sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Our Babies

Então... Vai por ordem de acontecimento:

Na semana passada, mais precisamente no dia 26/7, fui lépida e fagueira (e sozinha) fazer a tal da ultra que me diria se Papai do Céu tinha mesmo resolvido me presentear com mais cabelos brancos e mais taquicardia, ou seja, confirmar meus pressentimentos de que teríamos um menino... Esse tipo de criança que gosta de correr, subir em coisas, pular e inventar aventuras que deixam as mães com o coração na mão (quem conhece a Beatriz sabe que ela é um docinho, caaaaaaallllllmaaaaa toda vida, uma amor de menina, ela é MENININHA mesmo!). E não é que Papai do Céu achou que nós estamos tendo uma vidinha bem tranquila com uma Princesinha bem Princesinha Barbie e Cor de rosa no nosso castelo? Pois é... Mateus Gustavo vem aí!!! Um ME-NI-NO!!! Ok! Na verdade, assim como o Chapolim Colorado: "suspeitei desde o princípio"... Eu realmente já imaginava que teríamos um menino, só confirmei mesmo. E gostei! Imensamente! Assim como gostaria se Papai do Céu decidisse nos presentear com mais uma menina! Estamos FELIZES!!! E foi muito engraçado ver um "pinto" lá na ultra. Gente... Um "pinto"! Confesso que apesar de ter o pressentimento, nunca na minha vida imaginei que seria mãe de um menino. O M. disse que nunca imaginoun que seríamos pais de um casal! É verdade, a gente sempre pensou em meninas e não tem nada a ver com "QUERER" meninas e sim com "PENSAR" que seria assim. Sei lá de onde tiramos isso... Só sei que quero muito ver meu "narigudinho" de novo (só dia 20), ele é mesmo narigudinho e é tão LINDO!!! A Beartiz era bicuda, na ultra a gente sempre via o bicão gigante dela, o bico mais lindo do mundo e até hoje ela é muito bicudinha. Tão LINDA!!! AMO! AMO! AMO!

O nosso Mateus Gustavo está bem, saudável, crescendo, mexendo (agora mesmo me deu um chutinho). A nossa Beatriz também está bem, saudável, crescendo, aprontando todas com seu jeitinho meigo. E eu, é claro, estou FELIZ!!! F-E-L-I-Z!!! Deus, muito obrigada mesmo!!! A minha placenta continua baixa e isso não é muito legal, não queria mesmo fazer cesariana, espero que ela vá para o lugar "certinho" (ainda dá tempo), mas se não subir... bem aí vai ter que ser do melhor jeito pro Mateus Gustavo e pra mim, leia-se "cesariana"... Engordei 900g!!! Tô contando os graminhas, porque eu realmente não posso perder 20kg de novo como perdi do período do dia em que a Beatriz nasceu até o dia em que ela fez 1 aninho... Engravidei dela com 59kg e acho que nessa gravidez não vou conseguir nem chegar a esse peso, na última consulta estava com 56,6kg.

E no dia 29/7 a nossa bebê grande fez 4 anos!!!! Não há agradecimentos que consigam expressar o quanto eu me sinto grata e abençoada. Ver a minha filha crescer tão saudável, tão inteligente e por que não dizer tão linda... Enche meu coração de alegria! É algo que realmente não tem preço! A festa dela foi super legal, divertida... Ela curtiu muito!!! E eu babei! Vê-la criando laços de amizade é muito lindo! Vê-la feliz, orgulhosa da festa, vê-la abrir a boquinha e dar um suspiro ao chegar na festa e ver tudo enfeitado de Lazy Town, ver os dois pula-pulas, os tapetes com os lápis, tintas e "livrinhos" de Lazy Town e fazer uma carinha feliz, uma carinha de "Surpresa" tão linda... TODO, eu disse, TODO estresse valeu a pena. Ela aproveitou MUITO a festinha! Foi demais mesmo!!! Graças a Deus, no final deu tudo mais que certo! Muita comida, muita guloseima, muita bebida, as crianças se divertiram muito, fizeram a maior farra, meus cupcakes foram super elogiados, o bolo ficou do jeitinho que eu pedi (e gostoso!), os biscuits ficaram fofos, todos amaram as lembrancinhas... Foi muito legal mesmo!!! Foi realmente "A FESTA", assim como eu queria que fosse. :)

Como nem tudo são "flores" (agora rosas e cravos rsrsrsrsrs), estamos passando por um momento um tanto quanto tenso com o medo que a Beatriz tem de pessoas que falam em microfone... Ela não quer ir ao mercado, à farmácia ou em lojas que ela sabe que têm locutores. Já conversei com a professora, com a coordenadora e agora só falta a pediatra (vou marcar semana que vem). Já fizemos de tudo! Já conversamos, já a apresentamos a um locutor, já saímos dos lugares em que ela demonstrou medo, já briguei (confesso que por alguns momentos perdi a paciência... :(), na verdade não sei como lidar com isso... Tenho muito medo de que se transforme em algo sério, porque há alguns dias em que ela não quer nem sair de casa... No outro dia no Shopping havia uma sala do terror, com uns monstros na porta da sala, ela olhou para os monstros e nem "tchum", foi indiferente pra ela, nós sentamos num café ao lado da sala, já que ela não tinha demonstrado medo, mas infelizmente ia começar uma sessão e nós não sabíamos... Quando o locutor começou a falar no microfone, ela levantou da cadeira e saiu correndo pelo Shopping chorando e desnorteada. Foi horrível! Tivemos que sair correndo atrás dela, o M. a pegou no colo e tivemos que vir embora... Meu coração ficou em pedaços. Essa semana conversei com a coordenadora da escola (até para saber se temos que procurar um psicólogo) e lembrei que tudo isso começou num dia em que nós fomos ao mercado e já estava tarde, o locutor anunciou que estavam encerrando as atividades. O M. e eu tivemos a infeliz ideia de brincar dizendo que íamos ter que dormir no mercado, ela entrou em desespero, começou a chorar. Nós falamos que era brincadeira, que o moço tinha fechado as portas do mercado, mas que ia abrir uma pequenininha pra nós sairmos (foi exatamente o que aconteceu). Terminamos as compras e saimos pela portinha... Não imaginei que tudo chegaria a esse ponto. Já conversamos, falamos que o mercado e o Shopping só fecham bem tarde, na hora do Lazy Town, mas ela associou a fala do locutor ao fechamento do estabelecimento e não há quem mude essa concepção dela... É triste, é chato, principalmente quando ela fala que a barriga dela dói e a gente sente o coraçãozinho dela disparado. =( Sei que ela tem que enfrentar o medo, sei que vai chegar o momento em que ela vai compreender, mas não está sendo fácil, até porque acho que um dos piores sentimentos pra nós mães é nos sentirmos impotentes perante ao sofrimento dos nossos filhos...

Tenho fé em Deus que nós vamos conseguir contornar esse problema.

* Outra boa notícia é que só faltam 22 pessoas pra me chamarem no concurso que fiz ano passado. Rezem por mim gente AMIGA que passa por aqui. Rezem por nós. =D

quarta-feira, 13 de julho de 2011

3 Meses (Quase 4) do/a Baby MA

A correria do aniversário da Beatriz está deixando todo mundo meio louco por aqui (todo ano é a mesma coisa, mas no final... fica tudo tão Lindo e Perfeito...). Ainda tem MUITA coisa pra fazer, MUITA! Eu invento ideias e todo o trabalho com lembrancinhas e blá, blá, blá, só termina horas antes da festa. Ano que vem serão duas festas! Mãe é um bicho doido mesmo!!!

Então, na semana retrasada fomos ver Baby MA. Fofuuuuuuuuuucho/a!!! Foi bom e ruim! Fomos achando que talvez pudéssemos enfim saber se quem vem por aí é Mateus Gustavo ou Maria Luíza, mas não deu... Segundo a médica ainda estavamuito cedo e não dava pra ver. Eu acho que ela estava mentindo e que ela até tem um palpite, mas... também não há pressa. Menino,menina, sei que Papai do Céu fez essa decisão com muito carinho então Baby MA já é mais que bem vindo/a, querido/a, amado/a... Eu achei que ele/a estava GIGANTE: 10 cm!!! E pesava 100g (agora já deve estar bem mais rolicinho/a ;)). Foi muito legal revê-lo/a. Tudo ótimo!!! O "problema" foi comigo, minha placenta está baixa, nada grave, mas a Dra. H. disse que se ela ao invés de subir, abaixar mais, vou ter que fazer cesariana... :( Não há risco nenhum para o bebê, mas não haverá como o parto ser normal... Ela disse pra eu evitar pegar peso (e eu que estava doida pra voltar pra academia), que não há medicação nem nada, que se a placenta tiver que subir, até os 5 meses essa situação se regularizará. Tomara!!!

Semana que vem teremos outra ultra. Uhuuuuuuuuuullllllllll!!! AMO! AMO! AMO!!! Talvez a gente já possa chamar nosso/a Baby MA pelo seu real e composto nome. =) Estou MUITO feliz!!! Muito mesmo!!! Não há um dia em que não pense em como será a vida aqui em casa com mais um bebê. A nossa bebê grande está Linda como sempre! Linda mesmo! E eu sou a mais coruja... Todo dia é uma pirraça nova pra ir pra escola, e isso é "UÓ"! =/ EU tô torcendo pra que chegue logo sexta-feira para as férias enfim começarem. Mas tirando o fato dela, assim como eu, detestar acordar cedo, ela continua um docinho e mais carrapatinho que nunca. A minha Dugs é tudo de mais precioso nesse mundo, e em breve teremos DOIS! Dois Filhos fazendo farra, aprontando todas, enchendo a gente de carinho... Tão bom...

Agora que consegui atualizar, vou correr pra fazer um bolo de cenoura pra levar pra festinha do ballet... Ah é! E voltar para os enfeites de mesa pra festa... Dá trabalho, eu surto, mas ser MÃE é muito mais maravilhoso do que eu já "ousei" sonhar um dia! Essa benção eu não me canso de agradecer a Deus!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Temos Barraqueira!!!

Quem lê meus posts assim tão calmos, tão tranquilos, cheinhos de amor, nem deve imaginar que eu já fui a pessoa mais ciumenta da face da terra. Quando o M. e eu namorávamos, eu era tão barraqueira, que hoje nem reconheço aquela pessoinha que eu fui. rsrsrsrsrs Se bem que de vez em quando ainda faço uns sinais feios pra umas periguetes mais abusadas (tudo muito discreto). ;)






Ontem vi que "quem sai aos seus não degenera". A Beatriz e o M. estavam na sala assistindo vídeos do "Luá Santana" no computador. Acho que já disse em algum canto desse ou do outro blog, que o Luá Santana é o NAMORADO dela. Quando ele passa na Tv, ela manda beijos, quando ouve a música dele em qualquer lugar, ela abre um sorrisão, canta, dança, fica toda boba! Como diria Chico Buarque: "Você não gosta de mim, mas usa filha gosta". Eu não sou nem um pouquinho fã do Luá, mas a Beatriz é louca por ele! Tudo bem, pelo menos ela não namora o Snoopy (quando eu era pequena eu dizia que namorava o Snoopy. Quando eu ia no trabalho do meu pai, tinha um amigo dele que sempre perguntava se eu ainda namorava o Snoopy ou se já tinha terminado, ou seja...) Então, estava eu deitada no quarto, já que toda noite o/a Baby Ma adora me presentear com dor na lombar... E ouço a conversa dela com o pai:






- Ai pai, essa mulé aí canta muito mal! Eu não goxto dela!






* A moça em questão era a Ivete Sangalo. Eu já ia colocar aqui que era Claudia Leite (azedo), porque foi esse o nome que o M. me disse ontem, mas pesquisando descobri que quem canta com o Luá é a Ivete e não a chatonilda da Claudia Leite. Tão senil esse meu marido...






E eles continuam assistindo ao vídeo. Daqui a pouco ela de novo:






- Ih! Que moça chata! Num goxto dela!






O M. fingiu que não escutou e continuou assistindo ao vídeo.






Ela de novo: - Pai, vou falá com o Luá pla ele achá outla moça pla cantá com ele. Não quélo maix que ele cante com essa!






Ai o M.:






- Por que Beatriz?






Ela:- Ahhhhhhhhhhhhh toda hola ela fica agarrando ele! Fica quelendo dá beijo nele. Melhó ele escolhê outla.






Cuidado hein Ivete, tem menina ciumenta na área. =) Agora vejam se minha pequena não tem razão... Tem necessidade de ficar apertando tanto o meu genrinho Luá?






Ivete "FEIA"!



segunda-feira, 13 de junho de 2011

Baby Ma, The Lazy Baby

Eu já sabia que meu/minha baby caçula gostava de uma preguiça. Eu nem ando dorminhoca nem nada, mas sempre que faço um esforço maior, tipo, andar bastante tempo, ficar muito tempo em pé lavando louça ou abaixada lavando banheiro, essas coisas... Me dá uma dor na lombar absurda! Tenho que fazer mil carinhos na barriga pra dor passar. Preguiça pura...

No sábado fomos fazer a ultra da 12a semanna. Tudo perfeito! Graças a Deus! Mas Baby Ma estava dormindo de bruços e assim permaneceu durante toda a ultra "trans"... Não me preocupei muito, porque o coração estava show-show, mas queria ver mais, e só via um bebezinho curvado... A médica resolveu fazer uma ultra abdominal pra terminar a "avaliação", quando ela apertou aquele aparelinho da ultra ele/ela levou um susto que até virou! Tadinho do/a meu/minha bebê... Depois também ficou numa agitação só! Sacudia os braços, as pernas, tentava colocar a mão na boca... Coisa mais Linda!!! A Beatriz assistiu e ficou toda boba. Depois ficamos na salinha do consultório aguardando a impressão e ela me pediu papel e caneta pra fazer um desenho... Desenhou o bebê na minha barriga (e eu), ela e o pai. O bebê ela disse que fez com cabelo curto,porque servia pra menino e pra menina. Ahhhhh minha Dugs, tão Dugs. : )

Depois fomos à consulta com a minha médica. Tudo muito bom, tirando o fato que só engordei 200g desde a última vez que fui lá... Eu crente que tinha passado de 54,2kg para 56kg, ganhei 200g, estou com 54,4kg. Lembrar de não acreditar nessas balanças de farmácia. Humpf!

Infelizmente nossas férias no Breezs Búzios "babaram", o site da Terramar anunciou uma promoção sem confirmar as vagas disponíveis. E um pacote de R$ 1896 passou discaradamente para R$ 4200. No way... Uma pena... Mas estamos em um lugar bem legal e bonito. Se Deus quiser vamos nos divertir muito, muito, muito, muito!!! Mas não posso nem abusar das "artes", senão Baby Ma reclama logo! Aposto que ele/ela vai amar o Robbie Rotten do Lazy Town...

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Sou uma Péssima Mãe!!!

Semana que vem o M. entra de férias. Ôba!!! Não é um período muito legal, porque a Beatriz ainda terá aula na escola e no ballet, mas é sempre bom ter o papaizinho aqui juntinho com a gente o dia inteiro. Eu Amo!

A princípio nós íamos pra Paty do Alferes como no ano passado, mas infelizmente (ou FELIZMENTE), o hotel não abre durante a semana no mês de junho... Depois que liguei pra lá ontem e descobri isso, fiz ALOKA e comecei a pesquisar hotéis e pousadas com brinquedoteca e parquinho. As viagens agora têm esse critério, que é eliminatório para os lugares que não têm um espaço digno de divertimento para crianças (um dia o critério já foi banheira de hidromassagem rsrsrsrsrsrs). Gente, é muito difícil encontrar um lugar que tenha uma brinquedoteca legal e um preço legal também. :( Nêgo coloca um balanço e um escorrega de madeira no meio da grama e diz que é parquinho. Ah vá! E as que têm uma brinquedoteca "apresentável", custam "os olhos da cara"! Eu não sou pão dura, mas também não tenho árvore de dinheiro no quintal (quem dera...), então tem que haver um equilibrio. E nesse ponto o hotel em Paty do Alferes era beeeeeem em conta.

Eis que navegando por aí, caí no site de um Resort (sou tão chique) que eu sempre tive vontade de ir. A última vez que viajei para a cidade desse Resort ele estava sendo construído e como eu babei depois de ver o projeto na internet... Abri na aba "promoções" (sou tão pobre) e achei um pacote para casal (mais 2 crianças free) de 3 dias por míseros R$ 2920,00!! Tive que rir! Comentei com o M. e ele disse: Quando a gente for Rico, a gente vai (ele é capricorniano e duvido que pagaria esse valor ainda que ele fosse Eike Batista). Depois achei outra promoção de "fique tantos dias e pague tanto", entrei só de curiosidade, afinal ainda não sou RYCAH! Calculando o total de dias em que ficariamos de verdade sem essa de pague tanto e fique tanto, a diária ficou em R$ 316,00. Alow! Nem pensei! Entrei no chat e comecei a pegar informações com a atendente. TODAS AS REFEIÇÕES E BEBIDAS INCLUÍDAS A QUALQUER HORA DO DIA!!! Gente, tô grávida! Comida é comigo mesma! A brinquedoteca de lá é Linda, a academia é top! Fora toda a estrutura que é de babar, pelo menos no site! Fechou! Nem procurei mais nada! É pra lá que nós vamos!!!

O problema é que como é promoção, há uma data específica para esse "precinho camarada". No início não me importei muito, porque a Beatriz já faltaria na escola e no ballet e já tinha até falado com a professora, que a princípio achou que o M. e eu viajaríamos e a Beatriz ficaria com a avó. Deus me livre viajar sem meu bebê grande (agora sem Meus Bebês), nunca! Onde já se viu viajar sem meus carrapatinhos queridos? No way! Só que por conta dessa data específica a Beatriz vai perder a festa junina da escola e uma apresentação do ballet. Eu juro que fiquei com o coração partido, ela está ensaiando e tudo! Pensei mil vezes em fechar ou não a reserva. Mas não sei quando teríamos outra oportunidade ($$$$$) de irmos pra esse lugar, então decidi com muito pesar (por causa das festinhas) que vamos viajar! É sério, me sinto uma péssima mãe por isso. O conteúdo da escola nesse período é importante, claro, mas não é nada que vá fazer muita diferença no restante do aprendizado dela, mas ela gosta tanto de dançar, ela curte muito essas apresentações (leonina toda vida), e não levá-la me deixa com um certo pesar.

Estou contando que a viagem será muito divertida e que minha consciência vai pesar menos por conta da minha "estripulia". ;)

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Bullying - Até Hoje Incomoda

Eu ODEIO falar, ouvir, pensar e tudo mais que se relacione a esse tema. Hoje estava assistindo a um destes noticiários da manhã e teve uma matéria em que um menino denunciava o Bullying que vinha sofrendo no Colégio Pedro II. Pronto! Bastou para eu começar a me sentir incomodada...



O período em que estudei no Pedro II foi o PIOR da minha vida escolar! Sempre fui boa aluna, sempre gostei de tirar nota alta, mas entre a 5a e 8a série, minhas notas eram de razoável a ruim, até fiquei de recuperação na 6a série, coisa que eu nunca imaginei que aconteceria... Eu Odiava ir pra escola nessa época! Eu me sentia a mais magrela, a mais feia, a que tinha mais espinhas, o cabelo mais feio... Porque quase todos os dias eu ouvia insinuações a esse respeito. Não era só comigo, quem não era "perfeito" na visão dos "perfeitos populares", sofria agressões. Graças a Deus nunca sofri agressão física, mas o terror psicológico era terrível! Tinha uma menina chamada Bárbara que vivia jogando piada pra gente e o boato que corria na escola era que ela batia em quem ousasse responder às idiotices que ela falava. Ela era maior e mais velha, e eu morria de medo dela... Fora os garotos da minha sala, que implicavam porque a gente não tinha peitos e etc. Era um saco!!!



Hoje eu entendo que essa minha eterna insatisfação com meu corpo, vem desse tempo. Eu entendo, eu tento me policiar, mas qualquer coisa que aconteça de diferente e me mude fisicamente, já me deixa chateada. Na maioria das vezes eu sempre estou me achando muito magra e eu odeio isso! É óbvio que estou superultramegablaster FELIZ por estar grávida, mas desde que machuquei meu joelho e foi mais ou menos na mesma época que engravidei, que me vejo mais magra, mais magra, mais magra... Como já disse em algum post anterior a esse, a tala do meu joelho saiu sem precisar cortar com a tesoura, de tanto que minha perna afinou. E no sábado confirmei minhas suspeitas: emagreci 2 kg em 2 meses (estava com 56kg antes do acidente e hoje estou com 54kg). Me sinto bem, me sinto saudável, mas ficarei ainda mais feliz se depois do Baby MA completar 3 meses na barriga, minha médica me autorize a voltar para musculação. Sei que terei que diminuir a carga e a intensidade, mas acredito na minha memória muscular e sei que vai melhorar um pouco essa minha aparência atual "murchinha"....



Outro dia estava conversando com a manicure e ela disse que quando a filha dela tinha mais ou menos 12 anos, uma menina que era super amiga dela, a agrediu fisicamente (a filha) sem mais nem menos. Ela quando soube, foi à porta da escola e disse pra menina que se ela encostasse na filha dela mais uma vez, que teria que resolver com ela, a mãe. Que faria o mesmo com ela sem querer saber se ela chamaria a polícia, a mãe, o pai... Que ninguém tinha o direito de encostar um dedo na filha dela! Na hora eu fiquei meio chocada, eu sou absolutamente contra violência e covardia. Mas pensa bem, você cria seu filho num lar de AMOR, CARINHO, RESPEITO, pra vir uma pessoa qualquer dizer que ela é feia, gorda, magra, cabelo duro, ou até agredí-la fisicamente? Acho que deve dar muita raiva mesmo! E que se você não pára um minuto pra pensar, faz uma besteira mesmo! Que mãe não tem uma LEOA dentro de si? Espero nunca ter que passar por uma situação limite dessas.



Quem dera se os pais respeitassem seus filhos e os ensinasse a respeitar o próximo... Por que incomoda tanto se uma pessoa é gorda ou é magra ou tem cabelo liso ou enrolado ou é homossexual, negra ou cor de abóbora...? Por que as pessoas se incomodam tanto com a aparência e com a vida alheia ao ponto de agredí-las? Por que as pessoas não conseguem simplesmente AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO? Até parece que a pessoa escolhe ser "diferente", ninguém gosta de ser discriminado, ninguém gosta de ser "apontado" e ouvir as pessoas debochando. Quem gosta de ser agredido por gostar de uma pessoa do mesmo sexo? Eu rezo que chegue logo o dia em que a ciência prove que as pessoas nascem assim. Há 2 pessoas que AMO MUITO que são homossexuais e eu sei que nenhuma delas gosta de "se esconder", de não poder andar de mãos dadas no shopping com seus parceiros como um casal qualquer. Essas pessoas já nasceram assim, pois as conheço desde a 1a infância e nenhuma delas gosta de levar um soco, ou uma pedrada por ter nascido assim. Ninguém é obrigado a "aceitar", conviver, nem achar bonito a magra, a gorda, a negra, a branca, a japonesa, o gay, mas RESPEITAR deveria ser condição sine qua non para a pessoa ser vista como Digna numa sociedade. Até porque o "errado" não é o "diferente", e sim, o que se incomoda com a "diferença". Vamos viver nossas vidas, vamos nos preocupar em regar nossas flores ao invés de nos incomodarmos com a beleza da flor alheia, porque bonito mesmo é ter paz no coração. :)

domingo, 15 de maio de 2011

8 Semanas Baby MA

Ontem fomos à 1a consulta do/a Baby MA!!! A Beatriz ficou com a Vovó I. porque como a minha médica fica a 1 hora da nossa casa e como Baby MA ainda está pequetitito/a, acho que a viagem ficaria um pouco cansativa e não muito divertida pra ela, ainda mais porque ainda não posso subir as escadas da Vovó M. que mora pertinho da minha médica (a gente sempre faz uma visita quando tenho que ir à Dra. H.H).

Primeiro fomos à ultra! Baby MA está imenso/a: 1,5 cm!!! ;) Coração batendo rápido. Tudo certo e Lindo. Depois fomos à Dra. HH, muita conversa. Não há tantas dúvidas como quando engravidei da Beatriz, porque como não tenho muitos "sintomas" e ainda por cima estou de repouso forçado, está tudo bem tranquilo. A DPP é 25 de Dezembro!!! Oh Gosh!!! Natal mesmo! Bem, como a Beatriz nasceu de 38 semanas, há a esperança de que Baby MA também se apresse e nasça um pouquinho antes. Acho Lindo o bebê nascer no Natal, mas pensando bem, como sou adepta do parto normal, acho que seria mais "tranquilo" se ele/a nascesse um pouquinho antes da semana Natalina. Vamos ver a surpresa que Baby MA e Papai do Céu tem guardadinha pra nós.

Estou feliz! Grata a Deus por tudo ter dado certo ontem, estava um pouco apreensiva, mas ver aquele serzinho tão pequenininho e tão "meu" lá na telinha foi bem gostoso. É sempre mágico, quem é MÃE sabe. :) O coração tão, tão pequeno, mas batendo muito mais rápido que o meu. Deus é maravilhoso mesmo! Eu AMO ser MÃE, AMO estar GRÁVIDA, me sinto tão abençoada, sinto que Deus está dizendo "Sim" pra mim, pra minha família. E sinto que ainda há tantas coisas boas pra acontecerem, que só tenho mesmo que ser muito GRATA.

Há duas noites que a Beatriz tem dormido sem fralda. Ela já vinha dando sinais de que não precisava mais de fraldas, mas o meu coração de mãe sempre achando que ela é tão bebezita, me pedia pra esperar mais um pouco. Mas acho que agora foi. Desfralde Completo!!! Estou feliz e orgulhosa da minha Dugs. Com relação à "prioridades maternas com seus filhos de 3 anos" ainda faltam a chupeta e dormir no quarto dela, sinto que a responsabilidade é toda minha com relação às duas coisas e confesso que como sempre não tenho muita pressa. A chupeta já me estressou, hoje não mais, ela só usa em casa e na hora de dormir. E confesso que AMO dar mil beijos nela enquanto ela dorme do meu lado. AMO abraçá-la, dar mil cheiros nela. Sei que antes do/a Baby MA nascer vou ter que readaptá-la no quartinho dela, e assim que meu joelho melhorar voltarei com o "projeto". Ai gente, sou aquariana...

Daqui a 4 semanas verei meu/minha Baby MA de novo. Será que dá pro tempo correr um pouquinho? Sempre amei os dias de ultra. E que mãe não ama, né?